anuncie no alfavip topo
farmacia plan
Recuperando

Cidades atingidas por enchentes na Zona da Mata continuam trabalhos de recuperação

Veja como está a situação em Carangola, Espera Feliz, Cataguases, Muriaé, Ubá e Guiricema.

04/02/2020 22h42
Por: Redação
Escola Estadual Emília Esteves Marques, conhecida como Polivalente, afetada pelas chuvas em Carangola. — Foto: Prefeitura de Carangola/Divulgação
Escola Estadual Emília Esteves Marques, conhecida como Polivalente, afetada pelas chuvas em Carangola. — Foto: Prefeitura de Carangola/Divulgação

A chuva que atingiu a região da Zona da Mata no final de janeiro deixou 25 cidades em estado de emergência e os trabalhos para a recuperação dos municípios ainda continua neste início de fevereiro.

Veja abaixo as principais cidades atingidas pelas enchentes:

Manhuaçu

Os trabalhos de limpeza continuam a todo vapor, na saúde toda assistência necessária para comunidade está sendo prestada. O departamento de água e esgoto está recebendo todo cuidado. 

Carangola

Em Carangola, até esta terça-feira (4), de acordo com a Defesa Civil do município, 2.284 pessoas continuavam desalojadas e 45 desabrigadas em função das enchentes.

Na cidade, foi registrado um óbito relacionado às chuvas. A Prefeitura realiza ações de limpeza, na área de saúde e de assistência social. 

Saúde

A Superintendência de Saúde Mental está oferecendo até sexta-feira (7) um serviço de atendimento psicológico gratuito às pessoas atingidas pela enchente.

Os locais de atendimento são a Policlínica, Escola Municipal Antônio Marques e a Creche Amadeu Baroni.

Psicólogos de Carangola e outros profissionais da área da assistência social foram escalados para prestar auxílio emocional para moradores que estão sofrendo por terem suas vidas alteradas pelas enchentes.

Confira o horário de atendimento:

Policlínica: segunda-feira, das 13h às 16 horas, quarta-feira, das 8h às 11h e quinta-feira das 8h às 11h.

E.M. Antônio Marques: segunda-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16h; de terça a sexta-feira, das 13h às 16h.

Creche Amadeu Baroni: segunda, terça e quarta-feira, das 13h às 16h.

A Secretaria Municipal de Saúde de Carangola também realiza até a quinta-feira (6), a vacinação contra hepatite A em pessoas com idade a partir de 55 anos, residentes em áreas afetadas.

O horário de vacinação ocorre das 8h às 15h nos postos de Estratégia de Saúde da Família (ESF) dos bairros Santa Emília, Triângulo, Caixa D'água, Santo Onofre, Santa Maria e na Igreja Católica Lacerdina.

Limpeza

A Secretaria de Obras e Meio Ambiente informou que desde o dia 24 de janeiro vem realizando a limpeza em diversas ruas afetadas.

Na segunda-feira (3), foram realizados trabalhos nos bairros Lacerdina e Armindo Cunha. A Prefeitura informou que outros locais atingidos, inclusive a zona rural, serão atendidos nos próximos dias, segundo cronograma da Secretaria.

Também há programação de visitas de agentes de combate a endemias nas comunidades ribeirinhas de Carangola

Espera Feliz

Em Espera Feliz, ainda há cerca de 300 pessoas desabrigadas e 1.700 desalojadas, segundo a Secretaria de Governo e Gestão do município.

Na sexta-feira (31), a cidade recebeu kits da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) com medicamentos diversos, insumos médicos e hospitalares para atender cerca de 250 pessoas.

Em entrevista, a secretária de Governo e Gestão, Vera Lúcia Grillo Ramos, explicou que a limpeza da cidade está ocorrendo em sistema de mutirão com ajuda de voluntários e de prefeituras vizinhas, com empréstimo de máquinas e de pessoal para limpar as ruas.

Vera revelou que ainda há pontos que apresentam risco de deslizamento de terra. Cerca de 25 pontes, que ligam o Centro de Espera Feliz a zona rural, apresentam risco de desabamento.

Na cidade, a Defesa Civil interditou 126 casas, em que os moradores não possuem possibilidade de retorno, por conta dos imóveis estarem em área de risco.

Cataguases

Em Cataguases, no domingo (2), uma chuva atingiu a cidade e afundou um trecho da Avenida Manoel Inácio Peixoto, no Bairro Beira Rio, onde ocorreu o rompimento de um cano que atravessa a via.

Nesta terça-feira (4), a Defesa Civil informou que o local já está parcialmente liberado para tráfego de veículos.

A prefeitura contabilizou, até o momento, cerca de 1.700 pessoas atingidas pelas enchentes. A Secretaria de Serviços Urbanos continua diariamente com os trabalhos para limpar as ruas, retirar entulhos e desobstruir estradas.

Muriaé

Em Muriaé, nesta terça-feira (4), a prefeitura informou que não há mais desalojados e desabrigados na cidade.

Após a enchente, foram realizadas ações pela Secretaria de Desenvolvimento Social, que entregou cerca de 180 colchões para famílias de locais atingidos, nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) Aeroporto e São Joaquim.

A secretaria informou que outro lote de colchões chegará em breve e contemplará os moradores da Barra, que também sofreram com as cheias.

Um show beneficente realizado no dia 30 de janeiro, na Praça João Pinheiro, arrecadou 1,2 tonelada de alimentos e 1.470 itens de materiais de limpeza e higiene pessoal, que já foram distribuídos para os atingidos.

Nesta terça também ocorre um bazar beneficente na sede da Unidade Integrada de Cidadania e Ação (Única) no Bairro Safira.

Segundo a Prefeitura, por conta do grande volume de roupas doadas em função da enchente, a população poderá pegar os itens até às 17h.

Entre os materiais estão roupas masculinas, femininas e infantis, além de calçados. A secretaria informou que as roupas deste bazar são o excedente do que já foi doado às famílias atingidas.

Ubá

Em Ubá, a Prefeitura executou desde o dia 24 ações de limpeza das vias, serviços de recomposição do calçamento e passeio, operação tapa-buracos, entre outras ações.

As regiões da rua Deziderio Zanelli, no Bairro Laurindo de Castro, Avenida J.K. e Avenida Padre Arnaldo Jansen receberam operação tapa-buracos nas vias.

No Bairro Santa Cruz, as equipes da Secretaria de Obras realizaram a recuperação do calçamento nas ruas do bairro. Já a Avenida Comendador Jacinto Soares de Souza Lima (conhecida como Avenida Beira-Rio) recebeu recomposição do passeio em vários pontos.

As ações de recuperação e limpeza continuam e todas as regiões da cidade receberão os serviços.

Até a última atualização desta matéria, 30 pessoas estavam desalojadas e três desabrigadas.

Guiricema

Em Guiricema, a Defesa Civil realizou visitas nas áreas atingidas pelas chuvas e avaliou que os bairros Vilas Boas, Santa Montanha e Cruzeiro, apresentaram pontos mais críticos.

A cidade informou que cerca de 300 pessoas chegaram a ficar desalojadas. Uma equipe da Defesa Civil estadual realizou avaliação técnica em casas e demais construções. A enchente também destruiu pontes e inundou ruas.

Equipes da Prefeitura realizam trabalho de limpeza e reconstrução das áreas destruídas diariamente.

A administração municipal também adiou o Festival Gastrotômico e Cultural de Guiricema, marcado para sexta-feira (7), em função da condição do município.

Portal Alfavip com informações G1

Manhuaçu - MG
Atualizado às 06h41
24°
Poucas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 21°
24°

Sensação

2 km/h

Vento

75%

Umidade

Fonte: Climatempo
profissionalizante
youtube
youtube 3
canal youtube
Municípios
ALFAVIP 3
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
alfavip
Farmacia