Segunda, 13 de Julho de 2020 22:08
(33) 98412-3811
Cidades COVID-19

Urgente: Covid-19 Comitê de Enfrentamento decide fechar comercio em Manhuaçu

A alta considerável dos casos de Covid-19 em Manhuaçu nos últimos dias obrigou ao Comitê de Enfrentamento tomar medidas drásticas e urgentes para evitar colapso da rede pública de saúde em Manhuaçu.

23/06/2020 13h22 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação
A alta considerável dos casos de Covid-19 em Manhuaçu nos últimos dias obrigou ao Comitê de Enfrentamento tomar medidas drásticas e urgentes para evitar colapso da rede pública de saúde em Manhuaçu.
A alta considerável dos casos de Covid-19 em Manhuaçu nos últimos dias obrigou ao Comitê de Enfrentamento tomar medidas drásticas e urgentes para evitar colapso da rede pública de saúde em Manhuaçu.

MANHUAÇU(MG) - A alta considerável dos casos de Covid-19 em Manhuaçu nos últimos dias obrigou ao Comitê de Enfrentamento tomar medidas drásticas e urgentes para evitar colapso da rede pública de saúde em Manhuaçu.

O Hospital César Leite, por exemplo, que é referência em atendimento Covid na região, conta com 10 leitos de UTI e 23 leitos de enfermaria. Até o início da noite do dia 22 de junho, 100% dos leitos de UTI estão ocupados e 11 da enfermaria. 

Já na Unidade de Apoio Respiratório conta com cerca de 40 pacientes por dia, o que fez acender uma luz vermelha no sistema de saúde em Manhuaçu. Após quase duas horas de debate e explicações, o Comitê decidiu, por maioria, fechar o comercio em Manhuaçu, mantendo somente os serviços essenciais, conforme determina o Decreto 379 de 28 de março de 2020, com alguns ajustes e limitações, que passam a valer a partir de quarta-feira, dia 24 de junho.

Conforme divulgação do resultado da reunião do Comitê de Enfrentamento ao Covid-19 em Manhuaçu, no final da tarde, serão adotadas normas mais restritivas em relação às atuais, mas não haverá lockdown (bloqueio total) neste momento.

O decreto 379 previa (no final de março) que só podem funcionar os seguintes locais:

I – indústria de fármacos, farmácias e drogarias;

II – fabricação, montagem e distribuição de materiais clínicos e hospitalares;

III – hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, padarias, quitandas, centros de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência e de alimentos para animais;

IV – produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados;

V – distribuidoras de gás, bebidas, água mineral e embalagens;

VI – oficinas mecânicas, borracharias e auto peças;

VII – restaurantes em pontos ou postos de paradas nas rodovias;

VIII – agências bancárias e similares;

IX – cadeia industrial de alimentos;

X – atividades agrossilvopastoris e agroindustriais;

XI – serviço relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados, tais como gestão, desenvolvimento, suporte e manutenção de hardware, software, hospedagem e conectividade;

XII – construção civil;

XIII – setores industriais;

XIV - clínicas veterinárias e pet shops;

XV - laboratórios de análises clínicas em geral

Distanciamento Social Ampliado

O distanciamento social ampliado é aquele que vale para todos. Independente de idade, profissão ou de ser ou não grupo de risco, os mais diversos setores da sociedade devem permanecer em casa pelo tempo determinado pelo Governo. 

Nesse caso, permanecem fechadas as escolas, faculdades, eventos e competições canceladas, empresas devem implementar o teletrabalho, etc. Apenas atividades essenciais podem ser mantidas. 

Você provavelmente reconhece bem esse cenário, afinal, esta foi a medida adotada pelo Brasil e por Manhuaçu no início da pandemia de Coronavírus, com objetivo de reduzir a velocidade de propagação da doença e prevenir o colapso do sistema de saúde.

O lockdown é o bloqueio total, com policiamento fechando as ruas e restrições em geral para circulação. O distanciamento social seletivo é aquele que apenas determinados grupos (como idosos e grupos de risco) não podem sair.

Estrutura no Limite

Conforme a secretária de Saúde de Manhuaçu, Karina Gama, a reunião do comitê foi convocada para discutir os números de casos e a estrutura de saúde disponível. 

“Foi definido pela maioria que iremos fechar. É uma medida dura e a maioria entendeu que é necessária. Alcançamos o limite de pacientes na UTI. Temos profissionais de saúde contaminados e afastados. Até a mão de obra está reduzida”, ponderou Karina Gama.

A secretária explicou que houve a contratação de mais profissionais e compras de medicamentos e outros insumos. “A nossa expectativa é que o fechamento permita que consigamos voltar a um cenário de maior controle”.

O diretor técnico do Hospital César Leite, Luis Cláudio, admite que não é uma medida que agradará a todos, mas necessária. “Sei que muitos não irão concordar com o que falo, estou dentro do hospital e vivencio a doença, sou o gestor técnico do HCL e, em cima do hospital, está toda a população de Manhuaçu e região. Fazendo uma análise do que a gente vê nas ruas a população está abusando da liberdade de ir e vir, não está fazendo a sua parte e nem o isolamento social. Isso tem gerado maior contaminação. Se não colocarmos um freio social agora, daqui a quinze dias nós vamos estar chorando por não ter um local, quem sabe, para colocar um paciente, até um familiar da pessoa, por não ter leito”.

A prefeita de Manhuaçu, Cici Magalhães, ponderou que a vida humana é prioridade. “Decidimos paralisar as atividades do comércio não essencial. Pedimos a colaboração da população e que os comerciantes compreendam. Vocês não imaginam como é estar no meu lugar nesse momento. A gente tem que ter um equilíbrio, uma coragem muito grande para tomar essas decisões. O que está em questão é salvar a vida humana”. 

Cici Magalhães chamou a atenção de que o cenário em Manhuaçu é alarmante, com muitas pessoas desrespeitando as regras atuais. “Não estamos aqui para trazer terror. Infelizmente, a nossa população não está tendo disciplina. Muita gente sem máscaras, lojas lotadas, comércio todo aberto. Esse é o meu papel. Essa é a minha responsabilidade e vou com ela até o final”.

ASSISTA O VÍDEO:

Acesse o Decreto na Integra:

Decreto 405 de 23 de junho de 2020 - https://bityli.com/3UBQI

Decreto 379 de 28 de Março de 2020 - https://bityli.com/lYlAR

Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura de Manhuaçu

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Manhuaçu - MG

Manhuaçu - Minas Gerais

Sobre o município
Manhuaçu é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Localiza-se na Zona da Mata Mineira e sua população estimada em 2018 era de 89 256 habitantes. Ocupa uma área de 628,318 km², sendo cortado pelas rodovias MG-111, BR-262 e BR-116. A cidade está a 290 km de Belo Horizonte.
Manhuaçu - MG
Atualizado às 22h02 - Fonte: Climatempo
15°
Poucas nuvens

Mín. 13° Máx. 26°

15° Sensação
0 km/h Vento
86% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (14/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Quarta (15/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 26°

Sol e Chuva