Segunda, 25 de Janeiro de 2021 20:54
Música Entretenimento

Moradora de Manhuaçu faz música da pandemia e transmite mensagem na rede social

A moradora de Manhuaçu, Izadora Oliveira Teixeira,18 anos, consultora de vendas, levou uma mensagem aos internautas na rede social, através de sua composição, ‘‘Aprender a Viver’’.

28/12/2020 12h46 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação
A moradora de Manhuaçu, Izadora Oliveira Teixeira,18 anos, consultora de vendas, levou uma mensagem aos internautas na rede social, através de sua composição, ‘‘Aprender a Viver’’.
A moradora de Manhuaçu, Izadora Oliveira Teixeira,18 anos, consultora de vendas, levou uma mensagem aos internautas na rede social, através de sua composição, ‘‘Aprender a Viver’’.

MANHUAÇU (MG) – A moradora de Manhuaçu, Izadora Oliveira Teixeira,18 anos, consultora de vendas, levou uma mensagem aos internautas na rede social, através de sua composição, ‘‘Aprender a Viver’’.

A jovem conversou com a Reportagem do Portal Alfavip e disse que a letra da musica nasceu logo no início da pandemia. ‘‘Começou como uma brincadeira nos meus momentos íntimos com o violão, porque funciona assim: tudo que eu sinto, penso, participo e vivo sai de mim em formato de frases que rimam, com cifra e uma melodia legal, mais objetivamente, MÚSICA!’’—disse, Izadora Oliveira.

Ela ainda afirmou que está bem assustada com a forma que a situação atual que o mundo vive, ‘‘Em reflexo disso e de tudo que a gente tem visto relacionado a posição das pessoas sobre a situação, fez nascer "Aprender a viver"—destacou, Izadora Teixeira.

De acordo com a compositora Izadora, a letra da música, veio com sinceridade para perguntar as pessoas da forma mais leve, "onde está o amor, e porque é que ele se tornou motivo de zoação?". ‘‘A música tem como principal objetivo tocar nas pessoas da melhor maneira possível, e fazer com que elas se identifiquem com cada questionamento das frases e se deixem por dois minutos que seja ser influenciadas a pensar um pouco num todo que somos e precisamos ser agora’’—comentou.

Sua composição tem alcançado milhares de visualizações através da rede social, Izadora fez um vídeo e postou no Instagram, ‘‘Quando eu criei "Aprender a Viver" eu fui um pouco egoísta, porque eu jamais pensei em publicar, talvez porque eu não acreditasse muito que teria um espaço importante na vida das pessoas, no cotidiano, não achei que teria de fato atenção voltada para ela. Só amigos muito próximos e a minha mãe sabiam da música, e eles insistiram muito para que eu gravasse e postasse, porque não eu, mas eles entendiam a importância de levar essa mensagem para as pessoas e logo depois de postada eu também entendi como era importante’’—afirmou.

Ela também acrescentou que não esperava de fato que essa música iria tocar nas pessoas. ‘‘As pessoas realmente tem criado um vínculo massa com essa música, que agora não é mais minha, é nossa! ’’—ressaltou’

As pessoas mais próximas de Izadora Oliveira, foram os maiores motivadores para que ela postasse o vídeo da canção. ‘‘Logo depois eu tive acesso a muita gente, comentando muito sobre o cenário atual e sobre como as coisas tem saído do controle, foi então que eu finalmente pensei: Essa música precisa chegar as pessoas! ’’—salientou.

Izadora Teixeira disse também sobre as mensagens que recebem de pessoas que ouviram a música. ‘‘Eu tenho ficado muito surpresa com o número de pessoas que tem se identificado e que tem comentado sobre a música. As pessoas têm falado que a música tem tocado muito no coração delas, pessoas se emocionaram, e tem entendido a importância de levar essa música ao maior número de pessoas possível, para que as pessoas entendam que no momento em que estamos vivendo, precisamos de mais calor humano, mais amor ao próximo, mais cuidado com os nossos e com os que não são nossos’’—falou.

A criadora da canção, ‘‘Aprender a viver’’, destacou sobre a importância de dar valor as pessoas, antes de perdê-las. ‘‘Interessante a maneira como a gente só consegue de fato entender o valor das coisas quando estamos prestes a perdê-las. Essa pandemia veio para mostrar para gente o que de fato importa, o que a gente tem e precisa cultivar mais, dar mais valor, aquilo que dinheiro no mundo nenhum vai comprar sabe? E tem mostrado todos os dias que a falta do entendimento disso, do amor ao geral, da compaixão e empatia que a gente tanto prega na internet, tem levado gente, muita gente! Gente nossa! Gente como a gente, gente com família, gente de carne e osso que não se difere da gente por pequenos detalhes. Embora não seja pessoas de perto de nós, são pessoas de perto de outros, e isso já é um motivo mais que válido para se preocupar. Enquanto não entendermos isso, vamos continuar perdendo os nossos e os dos outros. A pandemia me ensinou a dar mais valor ao agora’’—explicou.

Portal Alfavip: como é fazer uma música retratando algo que nunca imaginou em viver, que ficará para história?

Izadora Oliveira: É como se fosse um relato de sonho. Você dorme e sonha como se vivesse aquilo, depois escreve para tentar entender tudo que viu e viveu, assimilar.

"Aprender a viver" tem uma fluidez que é só dela, porque de fato tem um peso, uma responsabilidade marcante de uma coisa realmente vivida.

Eu não consigo explicar muito bem como é ter também a responsabilidade de ter criado algo deste tamanho, com essa dimensão toda, mas eu sei e entendo a importância de não ter guardado só para mim. É surreal ver essa música caminhando, saindo do papel.

Portal Alfavip: sabemos que muitos se afastaram, pois, a visão da pandemia é manter o distanciamento social, mas a música nesse tempo te ajudou de alguma forma?

Izadora Oliveira: A música une pessoas, e depois de ter postado ela no Instagram eu me senti conectada com muita gente, sinto que tenho conseguido passar o que eu estava sentindo quando escrevi "Aprender a viver". Essa união que a música trás, vai nos fazer muito mais presentes quando isso tudo passar, mas antes, tem que levar o entendimento de que precisamos aceitar as recomendações, e seguir, para que a gente consiga estar presente em breve, precisamos estar "ausentes agora".

Portal Alfavip: qual sua mensagem aos leitores, algo motivacional para ajudar as pessoas?

"É preciso suportar o processo, para merecer o propósito."

Confira a letra da música que Izadora Oliveira escreveu: 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Izza Teixeira (@izzaotex_)

 

Aprender a viver

Eu tenho notado que

quem está do nosso lado,

só é valorizado depois que se vai.

Eu vejo na verdade,

que a humanidade

se perde na futilidade,

de coisas que não tem valor.

Onde isso vai dar?

Onde a gente errou?

Se só vai te importar,

se for seu pai ou avô.

Como faz pra esquentar,

o coração que esfriou?

Como vou resgatar,

uma geração sem calor?

 

Eu tenho notado que

o ser apaixonado,

tem nome de emocionado

por se entregar pro amor.

Eu vejo na verdade,

que se a sociedade se

deixasse amar de verdade,

evitaria a dor.

O que custa parar,

um pouco e perceber?

Que uma simples ação

pode permitir o outro viver.

Não é sobre culpar,

depende da gente aprender,

a cuida de um grupo mesmo que

esse grupo não envolva você.

Eu tenho notado que

o ser humano isolado,

precisou do estrago pra

Aprender a Viver.

Redação do Portal Alfavip – Para reproduzir parte ou matéria completa, é obrigatório a indicação da fonte: www.alfavip.com.br

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Manhuaçu - MG

Manhuaçu - Minas Gerais

Sobre o município
Manhuaçu é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Localiza-se na Zona da Mata Mineira e sua população estimada em 2018 era de 89 256 habitantes. Ocupa uma área de 628,318 km², sendo cortado pelas rodovias MG-111, BR-262 e BR-116. A cidade está a 290 km de Belo Horizonte.
Manhuaçu - MG
Atualizado às 20h34 - Fonte: Climatempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 21° Máx. 31°

25° Sensação
13.2 km/h Vento
84.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (26/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens
Quarta (27/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens