Domingo, 23 de Janeiro de 2022
20°

Poucas nuvens

Manhuaçu - MG

Anúncio
Internacional Internacional

Austrália diz entender bloqueio no envio de vacinas pela Itália

País europeu vai impedir exportação de 250 mil doses da AstraZeneca que foram encomendadas pelo país oceânico

05/03/2021 às 09h10
Por: Redação Fonte: R7 - Da Ansa
Compartilhe:
Itália vai bloquear o envio de 250 mil vacinas da AstraZeneca para Austrália - (Foto: REUTERS/Dado Ruvic - 11.1.2021)
Itália vai bloquear o envio de 250 mil vacinas da AstraZeneca para Austrália - (Foto: REUTERS/Dado Ruvic - 11.1.2021)

O primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, minimizou nesta sexta-feira (5) a decisão da Itália de bloquear a exportação de 250 mil doses da vacina anti-covid da AstraZeneca e ainda disse "entender" os motivos do país europeu.

O bloqueio foi anunciado na última quinta-feira (4), com apoio da Comissão Europeia, e diz respeito a 250 mil doses produzidas por uma unidade da multinacional anglo-sueca em território italiano.

"Na Itália, as pessoas estão morrendo a uma taxa de 300 por dia, então eu certamente consigo entender o alto nível de ansiedade existente na Itália e em muitos países da Europa", disse Morrison.

Segundo o premiê, os membros da União Europeia enfrentam uma "crise desenfreada". "Essa não é a situação na Austrália", acrescentou. Em mensagem no Facebook, o ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio, havia dito que o bloqueio se deve aos atrasos no fornecimento de vacinas por parte da AstraZeneca.

A multinacional prometeu entregar 4,2 milhões de doses à Itália apenas no primeiro trimestre, podendo chegar a 5 milhões, porém forneceu até agora apenas 1,5 milhão. No entanto, segundo o jornal La Repubblica, desse 1,5 milhão, somente 375 mil doses foram aplicadas até o momento.

Poucos efeitos

Ainda de acordo com Morrison, o bloqueio imposto pela Itália terá pouco efeito prático na Austrália. "Não contávamos com essa remessa em particular para o lançamento [da campanha], então vamos continuar inabaláveis", disse.

A Austrália já recebeu 300 mil doses da AstraZeneca, número que, junto com os lotes da Pfizer, deve durar até a produção interna ganhar corpo, no fim deste mês. O governo australiano estima que cerca de 50 milhões de doses serão fabricadas no país.

Ainda assim, o Ministério da Saúde afirmou ter pedido para a Comissão Europeia reconsiderar o bloqueio. Com 25 milhões de habitantes, a Austrália tem cerca de 29 mil casos do novo coronavírus e 909 mortes. Já a Itália, com 60 milhões de habitantes, soma quase 3 milhões de contágios e cerca de 100 mil óbitos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias