Quarta, 08 de Dezembro de 2021
20°

Poucas nuvens

Manhuaçu - MG

Saúde Saúde

Manhuaçu vai aderir às medidas restritivas do Minas Consciente

Manhuaçu seguirá a última Deliberação do Estado de Minas Gerais em razão das novas medidas adotadas para conter o avanço da Covid na região Leste Sul.

04/06/2021 às 14h07 Atualizada em 04/06/2021 às 14h10
Por: Redação
Compartilhe:
Manhuaçu seguirá a última Deliberação do Estado de Minas Gerais em razão das novas medidas adotadas para conter o avanço da Covid na região Leste Sul.
Manhuaçu seguirá a última Deliberação do Estado de Minas Gerais em razão das novas medidas adotadas para conter o avanço da Covid na região Leste Sul.

MANHUAÇU (MG)- Manhuaçu seguirá a última Deliberação do Estado de Minas Gerais em razão das novas medidas adotadas para conter o avanço da Covid na região Leste Sul. A macrorregião Leste do Sul ,da qual faz parte a microrregião de Manhuaçu, está entre as cinco regiões do estado que a partir de domingo, dia 06 de junho, passarão a adotar medidas mais restritivas de combate à Covid-19. A decisão aconteceu na manhã desta quinta-feira após reunião do comitê extraordinário do Minas Consciente, que conta com integrantes da Assembleia Legislativa, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, do Ministério Público, da Associação Mineira dos Municípios e da Defensoria Pública, entre outros órgãos, quando decidiram mudar alguns protocolos do plano Minas Consciente. 

No encontro neste feriado o comitê deliberou que as cinco macrorregiões, que já estavam na onda vermelha, terão que adotar medidas ainda mais restritivas. Cinco regiões de Minas entram em onda vermelha e passam a adotar medidas mais restritivas. As macrorregiões do Triângulo do Sul, Sul, Oeste, Leste do Sul e Centro Sul entram em cenário epidemiológico e assistencial desfavorável. Nessa situação, os territórios em onda vermelha passam por uma análise ainda mais minuciosa nos quesitos “Incidência” e “Espera por Atendimento”. A combinação desses dois indicativos resulta no “Cenário Epidemiológico e Assistencial Desfavorável”, no qual passam a vigorar as seguintes restrições: 

- Proibição de eventos e de atrativos culturais e naturais;
- Proibição de atividades em academias, clubes e salões de beleza; 
- Alimentação em bares e restaurantes limitada até às 19horas (após este horário, apenas por entrega – delivery, proibida a  retirada em balcão).

Esgotamento da região

Há uma semana a Secretaria Municipal de Saúde e a Superintendência Regional de Saúde (SRS) vem alertando sobre a superlotação dos leitos de Covid disponíveis na “Macrorregião Leste do Sul”. Hospitais, como o Padre Júlio Maria em Manhumirim, viu sua capacidade máxima de 40 leitos de enfermaria se esgotar rapidamente. Cenário também muito preocupante é o encontrado na Unidade de Apoio Respiratório - UAR de Manhuaçu. O que era para ser uma porta de entrada para pacientes com suspeita de contaminação por Coronavírus, se tornou mais uma opção de internação devido à falta de vagas em hospitais de referência como o Hospital César Leite. Para se ter uma ideia, ontem, quando enquanto o Comitê estadual se reunia, 10 pessoas aguardavam leitos de UTI na UAR. 

Ações de prevenção

A Prefeitura de Manhuaçu, por meio do Gabinete Intersecretarial de Crise da Covid-19 vem tomando medidas de conscientização para evitar aglomerações, lembrar a importância do uso de máscaras e proteção facial e demais atitudes que são imprescindíveis para frear disseminação do vírus. 

A Secretaria de Saúde de Manhuaçu tem emitido alertas diários por meio de entrevistas, apresentação de boletins epidemiológicos, divulgação de campanhas nas redes sociais e nas rádios, além de ações de fiscalização. No último final de semana, em parceria com as Polícias Militar e Civil, realizou operação em distritos e na sede do município para orientar e fiscalizar o descumprimento das medidas regulamentadas para o momento. 

No próximo final de semana, os fiscais da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Fazenda vão novamente, com o apoio das forças de segurança, percorrer vários locais do município. Já na última quarta-feira, dia 02, a Prefeitura Municipal de Manhuaçu, em parceria com o governo do Estado de Minas Gerais, através da Secretaria Estadual de Saúde e das Forças de Segurança, juntamente com a Fundação João Pinheiro, iniciaram uma campanha de conscientização e distribuição de máscaras para a prevenção do contágio da covid-19.

Serão distribuídas 30 mil máscaras produzidas nas unidades prisionais durante as próximas duas semanas pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Penal, Secretaria Estadual de Saúde, por meio da regional de saúde e pela Secretaria Municipal de Saúde. O foco principal da campanha é a conscientização da população para o uso de máscaras, distanciamento social e higienização das mãos como prevenção à piora dos indicadores de saúde, registrada nos municípios que apresentam alguma inversão dos índices de casos de Covid-19.

Em consonância com o que diz a deliberação 159 de 03 de junho de 2021 do Comitê Extraordinário Covid-19 Governo do Estado de Minas Gerais, o município de Manhuaçu adotou a postura de seguir as recomendações e protocolos ali determinados e vai manter seus órgãos fiscalizadores atuando para fazer valer todas as medidas necessárias a prevenção da pandemia. 

Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários