Cabine da Voz
Região

MPMG requer condenação do prefeito por desvio de dinheiro em Manhumirim

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Procuradoria de Justiça Especializada no Combate aos Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais, ofereceu denúncia ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) requerendo a condenação do prefeito, do secretário municipal de Saúde e de um empresário de Manhumirim, na Zona da Mata, pelo desvio de R$ 80 mil dos cofres públicos para o prefeito.

22/11/2019 10h02
Por: Moisés de Oliveira
O MPMG requereu também, ao TJMG, o afastamento cautelar do prefeito, já que ele tentou destruir provas durante a instrução do processo, além de intimidar uma testemunha, servidora pública municipal.
O MPMG requereu também, ao TJMG, o afastamento cautelar do prefeito, já que ele tentou destruir provas durante a instrução do processo, além de intimidar uma testemunha, servidora pública municipal.

MANHUMIRIM (MG) - O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Procuradoria de Justiça Especializada no Combate aos Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais, ofereceu denúncia ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) requerendo a condenação do prefeito, do secretário municipal de Saúde e de um empresário de Manhumirim, na Zona da Mata, pelo desvio de R$ 80 mil dos cofres públicos para o prefeito.

O MPMG requereu também, ao TJMG, o afastamento cautelar do prefeito, já que ele tentou destruir provas durante a instrução do processo, além de intimidar uma testemunha, servidora pública municipal.

Segundo o procurador de Justiça Cristóvam Joaquim Fernandes Ramos Filho, em agosto de 2018, com autorização do prefeito e a pedido do secretário municipal de Saúde, a prefeitura realizou licitação para a compra de móveis, equipamentos médicos, de informática e de telefonia para a Secretaria de Saúde, no valor total de R$ 290.588,00.

A prefeitura pagou os R$ 290.588,00 à HSC Comércio e Serviços, vencedora da licitação, mas, conforme previamente combinado, o dono da empresa repassou ao prefeito R$ 80 mil do valor total. Ainda dentro do esquema, a empresa entregou à Secretaria de Saúde apenas parte dos itens licitados, enquanto o secretário de Saúde atestou o recebimento integral deles, contribuindo também para o crime do prefeito.

AFASTAMENTO

No pedido de afastamento cautelar do prefeito, o procurador de Justiça Cristóvam Joaquim Fernandes Ramos Filho argumentou que “os fatos são graves e que vieram devidamente comprovados por farta prova testemunhal, incluindo confissão de um dos acusados, vistoria da Receita Estadual e extrato bancário demonstrando o saque de parte da quantia desviada, não pairando qualquer dúvida acerca da prática do crime”.

Argumentou também que tramitam uma denúncia na 6ª Câmara Criminal do TJMG, oferecida pela Procuradoria de Justiça Especializada, além de quatro ações propostas por ato de improbidade, dezenas de inquéritos civis instaurados pela Promotoria de Justiça da comarca contra o prefeito, o qual não atende às intimações, requisições e ofícios dos órgãos de controle que o investigam.

Com informações da Assessoria de Imprensa do MPMG

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
ManhumirimManhumirim - MG Manhumirim é um município brasileiro do interior do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em julho de 2016 era de 22 683 habitantes. É uma cidade pequena, de tradição católica e possui a primeira igreja da América Latina construída exclusivamente de concreto armado, a Igreja Matriz do Bom Jesus.
Manhuaçu - MG
Atualizado às 05h38
19°
Muitas nuvens Máxima: 27° - Mínima: 20°
19°

Sensação

0 km/h

Vento

95%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
ALFAVIP 3
Últimas notícias
Mais lidas
alfavip
Farmacia