Cabine da Voz
Tragédia

Mergulhador Carangolense morre após mergulho para serviço na plataforma

O mergulhador carangolense Graziano Elvis Silva Lima, de 41 anos, morreu na madrugada de ontem dia 09/11 na Bacia de Campos. Segundo a nota do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro), Graziano teria jantado por volta das 19h e fez um mergulho aproximadamente à meia noite.

10/01/2020 11h42
Por: Moisés de Oliveira
 Mergulhador Carangolense morre após mergulho para serviço na plataforma
Mergulhador Carangolense morre após mergulho para serviço na plataforma

O mergulhador carangolense Graziano Elvis Silva Lima, de 41 anos, morreu na madrugada de ontem dia 09/11 na Bacia de Campos. Segundo a nota do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro), Graziano teria jantado por volta das 19h e fez um mergulho aproximadamente à meia noite. O Sindipetro informou ainda que, ao retornar para a plataforma, Graziano estava se sentindo mal e acabou desmaiando.

Ele foi socorrido, inclusive, com massagem cardíaca e desfibrilador, mas abrir loja não teria resistido e faleceu na embarcação. O mergulhador estava no barco Pardela, e fazia serviço na P-33. Graziano era natural de Carangola, Minas Gerais . Até o fechamento desta edição, peritos do IML de Macaé aguardavam os familiares do mergulhador.

O Sindipetro-NF presta solidariedade à família e informa que participará da Comissão de Investigação do Acidente. O caso foi registrado na 123ª DP de Macaé. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a causa da morte. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

Com informações - Divulga Macaé 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários