Segunda, 13 de Julho de 2020 10:35
(33) 98412-3811
Música Entrevista

Especial – Entrevista com o cantor Filipe B. Souza

Deus o trouxe da morte para a vida

16/01/2020 11h10
Por: Ana Paula Costa Fonte: Assessoria
Filipe B. Souza
Filipe B. Souza

Após um dos exames de pré-natal, a irmã Ana recebeu a notícia de que a sua placenta havia se descolado e a única coisa que lhe restava, era esperar pelo aborto. Mas, essa notícia não foi suficiente para abalar a sua fé.

Ela se lembrava de que certo dia, quando voltava do culto, uma senhora lhe parou no meio da rua e disse que Deus havia escolhido aquela criança para louvar e pregar a sua palavra.

Os meses se passaram e a criança nasceu. A irmã Ana sempre diz que Deus cumpre o que promete, mas as dificuldades não acabaram por aí. Aos 6 meses de vida, mais uma vez, a criança foi desenganada pelos médicos, após ser diagnosticada com uma infecção generalizada, adquirida através da catapora e novamente os médicos disseram-me: “Não temos o que fazer!

Foi quando Deus o trouxe da morte para a vida, restaurando o seu corpo e contradizendo a medicina; mostrando que Ele pode tudo.

Desde a infância, Filipe B. Sousa já se vestia de pastorzinho e saía de porta em porta evangelizando a vizinhança. Sempre cantando e tocando na igreja. Com 8 anos compôs a sua primeira canção, aos 18 anos começou a pregar, e de lá para cá, já se vão 11 anos, fazendo missões e ministrando.

Um certo dia, ministrando em Atlanta EUA, eu tive a oportunidade de conhecer o produtor musical Júnior Amaral. O Juninho se tornou um grande amigo e um divisor de águas no meu ministério. Eu sou muito grato a Deus pela vida dele. Ele mergulhou de cabeça comigo nesse projeto e me fez acreditar. Hoje, temos a alegria de apresentar canções do coração de Deus para o seu coração. Dentro de poucos dias, a canção “Comigo Ele Está”, estará disponível em todas as plataformas digitais. Não importa o que dizem a seu respeito, a sua história já foi escrita na eternidade. Deus está contigo!”, declara Filipe. 

Quem é Filipe B. Sousa?
Considero-me alguém que nasceu para servir. Faço missões, canto, prego e tenho como propósito estar no centro da vontade de Deus. Tudo acontece nEle. Porque dEle, por Ele e para Ele são todas as coisas (Romanos 11.36).

Como foi o seu início na música?
Eu praticamente nasci envolvido com a música. Meu pai é músico e a minha mãe sempre cantou muito bem. Quando criança, minha mãe sempre nos reunia para contar ao Senhor. Eu cresci na igreja cantando e tocando. Sou grato a Deus por ter tido a oportunidade de crescer em um lar cristão e sempre envolvido com a música.

Quais as suas expectativas em relação ao lançamento do seu primeiro single pela Singular Rec – “Comigo Ele Está”?
Deus tem gerado essas canções em meu coração desde a infância e tem usado a Singular Rec para fazer com que tudo isso possa chegar mais longe. Sinto-me grato por tudo e espero que essa canção seja mais do que uma boa música. A minha expectativa é que possa cumprir o seu propósito e tocar os corações. 

Como nasceu essa composição?
A composição nasceu em Orlando, quando eu estava gravando uma música já existente, para enviar para o Juninho. De repente, essa canção gritou dentro de mim. Foi meio que instantâneo. Eu parei de enviar a música que estava em percurso, gravei “Comigo Ele Está” e encaminhei para o Juninho. Essa canção fala muito comigo e nos mostra que às vezes, Deus não nos tira dos momentos difíceis, mas caminha conosco por eles.

Aproveitando o momento, qual a sua opinião sobre as novas formas de consumo de música, com o fim da distribuição física e a ascensão dos aplicativos de streaming como Deezer, Spotify etc?
Eu acho ótimo! A música ficou mais acessível, tanto para quem faz, como para quem a consome. Tudo em um click, rápido, fácil e sem burocracia.

Poderia deixar um recado para os nossos leitores?
Jesus disse algo muito interessante no Evangelho de João, “[...] sem mim, nada podeis fazer.” (Jo 15.5). Eu acredito que Ele precisa está no centro. Os valores estão muito invertidos ultimamente. Observo as pessoas querendo usar Jesus, para fazer o que elas querem, quando na verdade, deveríamos ser usados por Jesus, para fazer o que Ele quer. Apenas estando nEle podemos dar frutos. Apenas estando nEle podemos ser um canal por onde passarmos para cumprir os seus próprios. 

Por Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.